top of page
  • Paranews

Tailândia tenta resgatar 31 desaparecidos após naufrágio

Marinha tailandesa está procurando 31 dos 106 tripulantes do 'HTMS Sukhothai'"


A Marinha da Tailândia anunciou, nesta segunda-feira (19), uma operação de resgate de 31 pessoas que desapareceram após o naufrágio de um navio perto da costa sudeste do país.

"Estamos procurando 31 dos 106 tripulantes do 'HTMS Sukhothai'", anunciou o porta-voz da Marinha Real Tailandesa, almirante Pogkrong Montradpalin.

Na madrugada desta segunda-feira, os tripulantes "perderam o controle" do navio, e este afundou pouco depois da meia-noite (14h em Brasília), devido à "maré forte" no Golfo da Tailândia, afirmou o almirante.


As ondas danificaram o sistema elétrico da corveta de patrulha, provocando a parada das máquinas que garantem seu funcionamento, explicou. 


Imagens divulgadas pela Marinha mostram o navio adernado, parcialmente submerso. O barco afundou a cerca de 30 quilômetros da costa, na altura de Bang Saphan, na província de Prachuap Khiri Khan, no sul do país.


"As ondas eram bastante altas, cerca de três metros, quando o navio afundou", relatou um marinheiro resgatado, com uma manta sobre os ombros e sentado na parte de trás de uma ambulância, em entrevista à televisão pública tailandesa PBS.

"Quando o barco começou a afundar, coloquei um colete salva-vidas e pulei. Nadei durante três horas", contou, explicando que um dos botes salva-vidas não conseguiu chegar perto o suficiente por causa das ondas.


Ao meio-dia de hoje, alguns tripulantes foram transferidos por via aérea para um hospital militar da Marinha, em Sattahip (leste). 

"Estou acompanhando de perto as notícias. Pelo menos cinco pessoas estão gravemente feridas", disse o primeiro-ministro Prayut Chan-o-Cha, um ex-general do Exército que também é ministro da Defesa, acrescentando que foi aberta uma investigação sobre a causa do incidente. 

Até o momento, 75 pessoas foram resgatadas e 11 levadas para um hospital em Bang Saphan. Algumas delas pularam em botes salva-vidas, como mostram imagens oficiais.


A operação de resgate inclui dois helicópteros militares, duas fragatas e um navio anfíbio, de acordo com um comunicado da Marinha. A Força Aérea Real também está ajudando na missão.

"A operação também vai cobrir as zonas onde os últimos membros da tripulação foram encontrados", completou o porta-voz da Marinha.

De fabricação americana, o "Sukhothai HTMS" entrou em operação em 1987, de acordo com o centro de estudos US Naval Institute.


Várias regiões do sul da Tailândia foram atingidas, nos últimos dias, por tempestades e chuvas intensas. Desde ontem, interrupções afetam a circulação de barcas entre o continente e a ilha turística de Samui.

Hoje, o serviço meteorológico tailandês pediu às embarcações menores que permaneçam atracadas em seus portos no Golfo da Tailândia.

Em 2018, uma embarcação que transportava turistas chineses virou nas proximidades da ilha de Phuket, na costa oeste do território. Mais de 40 pessoas morreram, em uma das maiores tragédias marítimas da história recente do país


Fonte: O tempo.

Imagem: reprodução.

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page