Buscar
  • O Antagônico

Santarém. O Fórum. O Depósito. O Sumiço dos Relógios. A Sindicância e o Arquivo



Fonte: O Antagônico


Não deu em nada a investigação da corregedoria do TJE do Pará sobre o sumiço, do Depósito Judicial de Santarém, de 07 relógios, 01 Pulseira de prata e 01 cordão. Tratavam os autos de Sindicância Administrativa Investigativa instaurada por determinação da corregedoria, que delegou poderes ao Diretor do Fórum da Comarca de Santarém, o Juiz Cosme Ferreira Neto, para presidir a investigação e constituir comissão sindicante, sendo concedido o prazo de 30 dias para sua conclusão.


O procedimento teve origem através do Ofício comunicando o desaparecimento dos objetos. Com efeito, foram colhidos os depoimentos de José Jardel Silva Alves, Sebastião Tomas Lima Nerys, Jeaz Emanuel dos Santos Rodrigues, e Celso Liberal Ferreira. Em inspeção realizada no prédio do Depósito Judicial da Comarca de Santarém a comissão pode verificar que o local não possui câmeras de segurança, tão somente, serviço de monitoramento de alarmes.


Segundo o colegiado, o Deposito Judicial de Santarém, não apresenta organização interna adequada para o acondicionamento e guarda de objetos, os quais se encontram em situação vulnerável e de precária segurança. A comissão pode constatar que os objetos são guardados e catalogados em prateleiras abertas, em caixas de plásticos sem lacre (objetos pequenos) e outros em sacos plásticos ou fora de sacos, apenas com etiquetas de identificação (objetos grandes).


“Da apuração realizada pelo Colegiado se pode perceber que, além da falta de monitoramento eletrônico do local, a sala que guarnece os bens apreendidos da Comarca de Santarém, apresenta portas sem fechadura, e ela tinha acesso outras pessoas, além do servidor José Jardel Silva Alves. E assim, a comissão concluiu seu relatório pela inexistência de elementos que evidenciassem a materialidade dos fatos e possíveis autores.”

Pontuou a corregedora geral do TJ, ao determinar o arquivamento do processo.

4 visualizações0 comentário