top of page
  • Paranews

Mãe e filha são localizadas após 3 dias perdidas em mata de Minas-BH



Após três dias perdidas em uma área de mata, Ludmila Jesus da Silva, de 21 anos, e a filha Kyara, de 3, foram resgatadas na segunda-feira, 12, em Morada Nova de Minas, a cerca de 279 km de Belo Horizonte. A Polícia Militar mineira divulgou imagens do resgate. A localização só foi possível após um morador da região ter sobrevoado a área da MG-060 com um drone.


Ludmila, a filha e seu companheiro, Valter Moreira Westermann, de 23 anos, haviam saído de carro de Ribeirão das Neves, na Grande BH, na última sexta, 9, para visitar parentes. De acordo com Westermann, durante a viagem o carro apresentou um problema mecânico, e após a pane, ele se separou das duas para buscar por ajuda e sinal de celular. Na volta, não conseguiu mais encontrá-las e acionou a polícia.


O tenente Coronel Silvado da PM-MG, que ajudou no resgate junto à equipe do Pégasus 22, explicou que mãe e filha foram encontradas bastante debilitadas e encaminhadas rapidamente ao serviço de saúde local para atendimento. A polícia contou com o apoio da Guarda Municipal e do Corpo de Bombeiros local para o resgaste. Também foram usados cães farejadores para auxiliar nos trabalhos.


A localização só foi possível após um morador da região ter sobrevoado a área da MG-060 com um drone. As imagens apontaram que as duas estavam uma área de mata às margens do Rio Idaiá.


Muito emocionada, Ludmila conta que ficou bastante atordoada e que só entendeu tudo o que aconteceu quando chegou ao hospital, e que teve muito medo de perder a filha. “No tempo em que estávamos perdida, minha filha dizia que íamos embora de avião, helicóptero, que era pra eu ligar e eu tentava explicar que o celular estava sem bateria”, disse. Na tarde desta terça-feira, mãe e filha tiveram alta.


Fonte: Estadão.

Imagem: Reprodução.

9 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page