top of page
  • Paranews

Lula é criticado por beber água durante Hino Nacional

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva(PT) foi criticado por bolsonaristas, nas redes sociais, ao beber água e deixar de cantar o Hino Nacional durante a cerimônia de diplomação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), nesta segunda-feira (12).

Em um dos momentos, a câmera de transmissão do evento filma todas as autoridades, que aparecem de pé e cantando o hino, exceto Lula. O petista bebe água enquanto a música é executada.


'Nine' [nove] não cantou o Hino Nacional e tomou água durante a execução. Desrespeito, insulto, ignorância...", escreveu o ex-presidente da Fundação Palmares Sérgio Camargo (PL), aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL). "Durante o Hino Nacional, Lula bebe água. Bem simbólico do sentimento dele quanto ao pavilhão nacional, não acham?", questionou outro internauta. "'Lula patriota' bebendo 'água' durante o hino nacional. Que vexame", disse outro.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e o vice, ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), foram diplomados na tarde desta segunda-feira (12) em cerimônia no TSE. O ato formal serve para certificar que a Justiça Eleitoral realizou a apuração das urnas e atesta que os candidatos estão aptos a assumir o cargo na posse. As contas também são checadas.

Em seu discurso, Lula afirmou que a democracia foi ameaçada durante as eleições: "Os inimigos da democracia lançaram dúvidas sobre as urnas eletrônicas, cuja confiabilidade é reconhecida em todo o mundo. Criaram obstáculos de última hora para que eleitores fossem impedidos de chegar a seus locais de votação".

O presidente eleito também disse que eleitores foram ameaçados com "suspensão de benefícios" e trabalhadores "com o risco de demissão sumária". Lula lamentou que o debate político democrático tenha sido contaminado por "mentiras produzidas no submundo das redes sociais".




Fonte: UOL.

Imagem: REPRODUÇÃO.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page