top of page
  • Paranews

Hospital Metropolitano de Ananindeua está com vagas abertas

Oportunidades são para enfermeiro da qualidade, jovem aprendiz e auxiliar de manutenção. Remunerações não foram divulgadas.


Estão abertas, até 16 de janeiro, vagas no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. As oportunidades são para enfermeiro da qualidade, jovem aprendiz e auxiliar de manutenção.

Os interessados devem enviar currículo, exclusivamente, para o e-mail rh1.hmue@indsh.org.br. Para todas as vagas, Pessoas com Deficiência (PcD) podem se candidatar. O hospital não informou qual será a remuneração, mas informou, por meio de assessoria, que os salários serão compatíveis com cargo e mercado.


Os currículos devem passar por triagem seguindo critérios do Setor de Recursos Humanos (RH) da unidade.

Os selecionados serão contatados para a realização das próximas etapas do processo, como, por exemplo, provas e entrevistas.

Critérios

Para a vaga de enfermeiro da qualidade, os candidatos precisam ser graduados em enfermagem, ter registro do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) ativo, além de experiência em gestão da qualidade, de indicadores e de gerenciamento de riscos. É desejável ter pós-graduação em gestão da qualidade, hospitalar ou áreas correlatas.

Para preencher a vaga de auxiliar de manutenção, é necessário ter experiência com manutenções preventivas e corretivas prediais, de máquinas, mobiliários e equipamentos, além de ensino médio completo. É desejável ter o curso NR-10, de segurança em instalações.


Já para os interessados na vaga de jovem aprendiz, é imprescindível ter o ensino médio completo ou estar cursando.

Sobre o hospital

Pertencente à rede de saúde pública do Governo do Pará, o Hospital Metropolitano é referência no tratamento de pessoas vítimas de traumas de altas complexidades.

A unidade dispõe de leitos nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria e cirurgia plástica - exclusiva para pacientes vítimas de queimaduras -, além de leitos de Terapia Intensiva (UTI).


Fonte: G1.

Imagem: reprodução.

109 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page