Buscar
  • Paranews

Escândalo: Fundação Cultural pagou mais de R$ 200 milhões a 29 empresas para produção de lives



Desde o início da gestão de Helder Barbalho a Fundação Cultural do Pará pagou mais de R$ 200 milhões de reais (é isso mesmo caros leitores. R$ 200 milhões), à 29 empresas, para produção de lives com a participação de artistas paraenses. Tudo começou no período da pandemia, quando ficou inviabilizado a realização de shows presenciais. Para ler a matéria na íntegra acesse https://oantagonico.net.br/a-mafia-das-lives-a-fundacao-cultural-o-relvas-os-r-200-milhoes-e-a-farra-das-empresas/

94 visualizações0 comentário