top of page
  • Paranews

Bolsonaro repudia ofensas de Roberto Jefferson à ministra Cármem Lúcia




O presidente Jair Bolsonaro (PL) manifestou repúdio às falas do ex-deputado federal Roberto Jefferson contra a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, neste domingo (23/30), quando o ex-parlamentar reagiu atirando contra policiais federais que cumpriam a nova ordem de prisão. Além disso, Bolsonaro determinou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, acompanhe o caso no Rio de Janeiro.


A manifestação de Bolsonaro ocorre após a tentativa de policiais federais cumprirem novo mandado de prisão contra Jefferson, que cumpria prisão domiciliar por participação em ataques contra o Supremo.


Fonte: Correio Braziliense.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page