top of page
  • Paranews

adolescente indígena que estava desaparecida foi encontrada morta na tarde deste domingo (11)



A adolescente indígena Ariane Oliveira Canteiro, 13 anos, que estava desaparecida desde o dia 2 de setembro, quando saiu de casa na Aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados, foi encontrada morta na tarde deste domingo (11), em avançado estado de decomposição, no interior de uma mata às margens da rodovia que liga Dourados a Itaporã.


A garota que é neta do cacique da aldeia, Getúlio de Oliveira, foi encontrada graças a um mutirão realizado neste domingo por familiares da adolescente, lideranças indígenas e integrantes da Polícia Militar.


As causas da morte ainda não podem ser definidas, em função do avançado estado de decomposição do corpo.


Lideranças detiveram na manhã de hoje, um homem suspeito do crime, que foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde deverá prestar depoimento.


Fonte: DoutoradoNews.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page