Anuncie

Polícia

Primavera, 26/09/2016 às 12:15

POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS ACUSADOS DE ESPANCAR ADVOGADO

Dois policiais militares foram presos sob acusação de terem agredido um advogado no município de Primavera, nordeste do Pará. Segundo informações divulgadas neste domingo (25), durante coletiva de imprensa, pela Ordem dos Advogados do Pará (OAB), a vítima está com a audição comprometida em decorrência dos socos desferidos pelos policiais.

A agressão ocorreu na noite de sábado (24), na delegacia de Primavera. A vítima relata que foi até a cidade defender um cliente. Houve um desentendimento e os policiais disseram que iriam enquadrá-lo por desacato à autoridade. O advogado Márcio Rangel relata ter sido agredido com socos, e que os PMs bateram diversas vezes sua cabeça contra a parede. A violência deixou hematomas no advogado. Um dos ouvidos dele sangrou bastante durante o espancamento.  Rangel foi até o Instituto Médico Legal de Castanhal para fazer corpo de delito.

A Corregedoria da Polícia Militar deu ordem de prisão aos sargentos Dênio Oliveira dos Santos e Miguel Augusto Gomes dos Reis, suspeitos de terem agredido o advogado. Os PMs estão recolhidos no presídio Anastácio das Neves.

comentário

Comentar