Anuncie

Amazônia

Óbidos, 05/01/2018 às 19:55

Rebocador encalha em banco de areia

m empurrador da empresa Samalverde Transporte Fluvial encalhou próximo ao município de Óbidos, no oeste do Pará, após se esbarrar em um banco de areia na manhã desta sexta-feira (5). O incidente foi possivelmente causado pelo assoreamento na área em que a embarcação navegava. Ninguém ficou ferido.

 

A tripulação formada por seis pessoas acionou a empresa que tem sede em Santarém. “A embarcação está adernada. Foi deslocado um outro comboio, com guindaste, para fazer o procedimento de flutuação que deve ser encerrado até às 12h”, explicou o diretor da empresa, Jorge Samal.

 

A embarcação será levada para o município de Oriximiná para fazer a limpeza e a manutenção dos equipamentos que molharam por causa do encalhe. “Não houve feridos. Assim que a tripulação percebeu a situação, os tripulantes passaram para a balsa para atracar com os cabos na beira do rio e ligaram para mim pedindo apoio para a situação. Outra embarcação que estava em Óbidos foi deslocada imediatamente para o local", completou.

 

A Marinha assim que foi comunicada deslocou uma equipe de inspetores para o local com o intuito de averiguar a situação. “Vamos verificar o que aconteceu. No momento ainda não podemos afirmar se a causa desse adernamento foi assoreamento” ressaltou o capitão Ricardo Barbosa, comandante da Capitania Fluvial de Santarém.

 

O Assoreamento

O assoreamento é o acúmulo de sedimentos (areia, terra, rochas), lixo e outros materiais levados até o leito dos cursos d'água pela ação da chuva, do vento ou do ser humano. Trata-se de um processo natural que pode ser intensificado pela ação humana. Em alguns casos, o curso d'água pode até deixar de existir em decorrência desse fenômeno.

 

comentário

Comentar